11/09/2019 às 13h04min - Atualizada em 11/09/2019 às 13h04min

Polícia fará reconstituição do homicídio do Pastor Anderson do Carmo

Filhos da deputada Flordelis foram intimados a comparecer na casa da família, onde ocorreu o crime

Vitor d Ávila
Ofluminense
Marcelo Feitosa

A reprodução simulada (reconstituição) do assassinato do Pastor Anderson do Carmo, marido da deputada federal Flordelis dos Santos de Souza (PSD-RJ), foi marcada para o próximo dia 21 de setembro, às 21h.

Na manhã desta terça-feira (10), foram intimados pela Polícia Civil a comparecer, na casa da deputada, os filhos Carlos, Cristiana, Anabel e Gabriella. Na igreja mantida pela família, o Ministério Flordelis, que fica no bairro do Galo Branco, em São Gonçalo, foram intimados André, Rafaela e Ramón, também filhos da parlamentar.

Também foi feita uma tentativa frustrada de intimar Flordelis, também em sua casa. A deputada se encontra em Brasília, onde exerce seu mandato de terça a quinta-feira.

Será feita uma nova tentativa de intimação à Flordelis na sexta-feira (13), quando ela deve retornar da capital. Outros filhos, Marcelle e Adriano, que atuam no gabinete da deputada, também devem chegar de Brasília no mesmo dia e serão convocados.

Flávio e Lucas dos Santos, apontados pela investigação como autores do crime, também serão convocados a participar e serão intimados dentro da prisão. A Delegacia de Homicídios (DH) de Niterói afirmou que irá articular com a defesa de ambos para viabilizar a participação dos irmãos.

Outro filho da deputada, Daniel, também deverá ser convocado. A especializada está tentando localizá-lo para entregar a intimação.

No dia 26 de agosto, a DH de Niterói antecipou que solicitaria a presença de todos que estavam na casa no momento do crime para a reconstituição.  A especializada não descartou a hipótese de que a deputada e seus filhos sejam convocados para prestar novos depoimentos.  

Vigília - Na manhã desta terça-feira, a deputada anunciou, por meio de suas redes sociais, que participará de uma vigília em sua igreja, também no próximo dia 21, e convocou os fiéis de seu ministério. A celebração está marcada para as 19h, duas antes da reconstituição. Até o fechamento desta matéria, Flordelis não havia comentado sobre a tentativa de intimação nem se participará da reprodução simulada.

Relembre o caso - O pastor Anderson do Carmo foi morto a tiros, na madrugada do dia 16 de junho. O crime completa três meses na próxima segunda-feira. Seu filho adotivo, Lucas dos Santos, e seu enteado e filho biológico de Flordelis, Flávio dos Santos, confessaram participação no assassinato e estão presos pelo crime de homicídio qualificado no Complexo de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Após o inquérito que culminou na denúncia dos irmãos pela morte do pastor ser encerrado, a DH abriu um segundo inquérito, que é um desdobramento do anterior. O objetivo é apurar se outras pessoas que estavam na casa tiveram envolvimento no crime, além de descobrir seu mentor intelectual.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »