01/03/2019 às 12h25min - Atualizada em 01/03/2019 às 12h25min

Paraná cria 26,6% dos empregos abertos no País em janeiro

AEN

AEN
O Paraná abriu 9.145 novas vagas no mercado formal de trabalho em janeiro. Este saldo equivale a 26,6% do total de 34.313 postos de trabalho criados no País. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quinta-feira (28) pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.
“É mais um indicador positivo da economia paranaense. O Governo do Estado está trabalhando forte para criar um ambiente que favoreça cada vez mais a geração de empregos", afirma o secretário da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost.
O saldo paranaense é resultado de 104.415 contratações e 95.270 desligamentos no primeiro mês de 2019. Em números absolutos de geração de empregos, o Paraná foi o quinto no ranking nacional, atrás de Santa Catarina, São Paulo, Rio Grande do Sul e Mato Grosso.
“É o segundo melhor resultado para janeiro desde 2015”, destaca o economista Alexandre Chaves, do Observatório do Trabalho da Secretaria Estadual de Justiça, Família e Trabalho. O melhor desempenho foi verificado em 2018, com 11.637 novas vagas.
“O resultado positivo para o mês demonstra continuidade na geração de empregos, depois do ano de 2018 ter fechado com 40 mil novas vagas, apesar do saldo negativo de 26 mil postos de trabalho em dezembro”, avalia Chaves.
SETORES E OCUPAÇÕES– Quatro dos oito setores de atividade econômica tiveram índices positivos no Estado no mês passado. A performance foi alavancada pelos segmentos de serviços (5.497 novos empregos formais), indústria de transformação (4.099) e construção civil (2.595 novos empregos).
As ocupações com maiores saldos no Paraná foram: alimentadores de linha de produção (2.002), ajudantes de obras civis (1.255) e escriturários (1.123).
CIDADES – Curitiba foi a terceira cidade do País em número de empregos criados em janeiro (3.534), atrás somente de Vacaria (RS), com 5.223, e Dourados (MS), com 4.441. São Paulo abriu 3.434 vagas.
Além da capital, as cidades do Estado que mais geraram vagas formais no último mês foram: Maringá (1.227), Cascavel (737), Londrina (659) e Rio Negro (383).
Entre as nove regiões metropolitanas do País, a de Curitiba teve o melhor resultado nacional em quantidade de empregos criados (4.807). Devido ao excelente resultado dos estados do Sul, a região teve o maior saldo em janeiro (41.733), superando a Sudeste (6.485).
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »