18/02/2019 às 13h38min - Atualizada em 18/02/2019 às 13h38min

Federer tem pior ranking em dois anos; Halep sobe para 2ª no feminino

Gazeta Esportiva
KARIM JAAFAR

A nova atualização dos rankings da ATP e da WTA nesta segunda-feira trouxe novidades tanto no masculino quanto no feminino. Depois de não defender o título em Roterdã, o suíço Roger Federer chegou ao sétimo lugar, sua pior marca desde março de 2017. Já Simona Halep, vice-campeã em Doha, retornou à segunda posição atrás da japonesa Naomi Osaka.

Com o afastamento das quadras, Federer acabou superado pelo japonês Kei Nishikori, que assumiu a sexta colocação. Na última temporada, vale ressaltar, o suíço não deixou o Top 3 em nenhum momento. Seu retrospecto de recuperação, entretanto, pode se provar em breve, já que na próxima semana volta a quadra para disputar ATP 500 de Dubai.

Em 2017, Federer chegou a figurar na 17ª posição do ranking no começo do ano. Depois, iniciou sua recuperação com a conquista do Aberto da Austrália, seu 18º Grand Slam na carreira.

No feminino, Simona Halep tem o que comemorar depois de ficar com o vice-campeonato em Doha. Isso porque a colocação deu à romena o segundo lugar no ranking da WTA, atrás apenas da japonesa Naomi Osaka, e à frente da tcheca Petra Kvitova, que amargou queda para o quarto lugar, superada também pela norte-americana Sloane Stephens.

Quem também subiu no ranking foi a norte-americana Serena Williams. Mesmo sem atuar e com retorno previsto apenas para Indian Wells, a ex-número um do mundo voltou ao top 10. O mesmo não se pode dizer da dinamarquesa Caroline Wozniacki, que caiu para 14º. A ucraniana Elina Svitolina assumiu o sexto lugar, mas terá muitos pontos a defender em Dubai. A alemã Angelique Kerber caiu para sétimo.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »