06/09/2018 às 09h34min - Atualizada em 06/09/2018 às 09h34min

Seis pessoas são presas suspeitas de furtar energia elétrica, em Curitiba.

Segundo a Polícia Civil, presos são gerentes de barracões de produtos recicláveis; operação da polícia foi deflagrada no bairro Parolin, nesta quarta-feira (5).

G1 Paraná

Seis gerentes de barracões de produtos recicláveis foram presos em Curitiba nesta quarta-feira (5) suspeitos por furto de energia, segundo a Polícia Civil.

As prisões ocorreram em uma ação policial que buscou indentificar receptadores de materiais de cobre furtados.

De acordo com a polícia, nos estabelecimentos coordenados pelos presos, todos no bairro Parolin, foram encontradas ligações clandestinas de energia elétrica. Policiais civis e fiscais da prefeitura participaram das visitas.

Dos seis presos, cinco pagaram fiança e foram liberados. Uma mulher também foi autuada por receptação qualificada e não teve fiança arbitrada, de acordo com a polícia.
 

Ainda conforme a polícia, em um dos barracões foi encontrada parte de uma lixeira da Prefeitura de Curitiba.

A delegada-adjunta da Divisão de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), Vanessa Alice, informou que os policiais vistoriaram barracões com base em denúncias de empresas de telecomunicação.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »