27/08/2018 às 09h25min - Atualizada em 27/08/2018 às 09h25min

Produtores de milho relatam preocupação com liminar que proíbe o uso de glifosato nas lavouras.

Pedido de suspensão do uso do produto afirma que pesticida pode ser cancerígeno; agricultores paranaenses devem colher 30% a menos na segunda safra, segundo o Deral.

G1 Paraná

Produtores de milho do Paraná relatam preocupação com a liminar que proíbe o uso de glifosato, um dos herbicidas mais utilizados em lavouras brasileiras. A proibição é discutida pelo Governo Federal.

No Paraná, os agricultores colheram mais de 70% do previsto para a segunda safra que, de acordo com o Departamento de Economia Rural (Deral), deve ter uma redução de 30% no volume de produção


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »