21/02/2022 às 10h45min - Atualizada em 21/02/2022 às 10h45min

​Secretária de Saúde de Siqueira Campos fala sobre melhorias na área e as expectativas para este ano

Da Redação
Secretária de Saúde de Siqueira Campos, Valeriane Guidio
Mesmo diante das adversidades da crise imposta pela Covid-19 a Secretaria de Saúde de Siqueira Campos continuou unida para que a situação não se agravasse tanto no município. Através da secretária Valeriane Guidio muitos trabalhos de conscientização e prevenção relacionados à saúde foram desenvolvidos. Abaixo você confere um pouco sobre como está sendo o desafio para o setor.
JCN - Como fechou o ano de 2021?
Valeriane -  O ano de 2021 fechou com muitas melhorias para área da saúde, como renovação da frota municipal, com ambulâncias novas, carros baixos para cobertura dos 5 PSF`s área urbana (Totalizando 5 carros a disposição das equipes para ampliar a cobertura de visitas medica, enfermeiro e agente comunitário de saúde); além de muitas emendas, como recurso estadual de R$650.000,00 para construção de uma Unidade Básica de Saúde no bairro planalto.
JCN - Quais são as expectativas para este ano?
Valeriane -  As expectativas para este ano são de buscar ainda mais novos recursos para investir na saúde do município, investir na capacitação das equipes de saúde a fim de melhorar a qualidade no atendimento à população.
JCN - Quais foram as principais melhorias no setor?
Valeriane -  Desde de que assumimos a gestão no ano de 2021 que foi um ano muito difícil em decorrência da pandemia pelo Covid-19, não baixamos a guarda para os desafios e permanecemos firmes com o proposito de melhorias na saúde para população, sempre contando com apoio do Prefeito Germano e o Vice Paulo, pudemos realizar  muitas melhorias, como disse no início, ampliaçã0 e renovação da frota municipal, além da aquisição de uma ambulância nova para o Samu recursos próprios, aumento no repasse ao Cisnorp o que amplia acesso de vagas para consultas especializadas fora do município, hoje todas as unidades de saúde tem médico trabalhando 40 horas semanais, ou seja medico o dia todos, que amplia acesso da população para as consultas, retorno atendimento odontológico noturno para os trabalhadores, ultrassom das gestantes realizado para as de baixo risco no próprio município, entre tantas outras que planejamos e iremos continuar trabalhando firmes para mais melhorias.
JCN - Como você avalia a vacinação contra Covid em Siqueira Campos?
Valeriane -  A vacinação contra COVID-19 no município foi um grande sucesso, graças ao trabalho das nossas vacinadoras que se dedicaram de domingo a domingo, sem descanso para vacinar toda nossa população, executaram com maestria o Plano Estadual de Vacinação e consequentemente o municipal;
Atingimos 106,78% de pessoas vacinadas com a 1 dose na faixa etária de 18 anos e mais e 100,14% com a 2 dose, e dose de reforço 48,3%
Adolescentes de 12 a 17 anos atingimos 82,81% com a 1 dose e 60% com a 2 dose
Crianças de 05 a 11 anos (nova faixa etária q iniciou neste mês de fevereiro em todo território nacional) já vacinamos mais de 1.000 crianças siqueirenses, a nossa estimativa é vacinar em torno de 1.864 crianças nessa faixa etária.
Ressalto então que hoje só não se vacina quem não quer, e que o município depende da distribuição de vacinas a serem realizadas pelo governo do estados, por tanto nos damos sequencia na campanha enquanto durarem os estoques e conforme recebemos para novo abastecimento das vacinas, e quando informamos que zeramos o estoque é porque a equipe continua empenhada em vacinar e utilizamos tudo conforme faixa etária vigente, ate que recebemos novas vacinas a serem enviadas pelo governo estadual para dar continuidade.
JCN - Você concorda que todas as crianças deviam ser vacinadas?
Valeriane -  Sim, todas as crianças devem ser vacinadas, participei de muitas capacitações com médicos imunologistas que comprovam a eficácia da vacina sem nenhum prejuízo a criança, muito pelo contrario e sim a eficácia da vacina.
JCN - As cirurgias eletivas estão sendo realizadas?
Valeriane -  Sim estão sendo realizadas, retornando aos poucos, pois o estado encontrou muitas dificuldades nesse retorno em relação aos prestadores, ou seja, dificuldade em encontrar equipe (medico cirurgião, anestesista e hospitais) pois muitos deixaram de atender devido a pandemia, mas seguem na luta para dar continuidade.
JCN - Há quantos médicos atendendo nos postos de saúde? Quantos especialistas e quantos clinico geral? Há dentistas?
Valeriane -  Medico clínico 8 distribuídos nas unidades de saúde; especialistas, 1 ortopedista, 2 pediatras, 2 médicos  saúde mental, 1 medica ultrassom, sim temos dentistas e este ano iremos ampliar o atendimento nas unidades que ainda não possuem, como na nascente do sol.
JCN - Como está o abastecimento de medicamentos no posto de saúde?
Valeriane -  Passamos por muitas dificuldades relacionadas por medicamentos, pois todos municípios do Paraná fazem parte de um consorcio de medicamentos que é a via legal de um município adquirir medicamentos pelo Tribunal de Contas, o Consorcio PR no ano de 2021 teve dificuldades em entregar as medicações devido à falta de matéria prima para fabricação de medicamentos, então não é uma dificuldade só de Siqueira Campos mas sim dos 398 municípios do Paraná, neste última terça-feira dia 15/02, estive em Curitiba reunida com os secretários municipais de saúde de todo Paraná, presidente do consorcio, e Cosens (órgão apoiador dos secretários de saúde) para cobrarmos a melhoria dessa situação.
JCN - O município está realizando todos os tipos de exames?
Valeriane -  O município possui um elenco grande de exames, desde imagem a laboratoriais, realizamos praticamente todos.
Gostaria de agradecer a oportunidade de poder esclarecer e informar a população sobre a situação da saúde do município, sabemos que a saúde é muita complexa, mas seguimos lutando para sempre melhorar com todos os desafios que encontramos, que muitas vezes nos gestores também ficamos de mãos atadas pois a saúde pública depende muito do Governo Federal e muitos órgãos de fiscalização pública como TCU/TCE que nem sempre nos permitem executarmos tudo que planejamos. Mas aqui me coloco a disposição de todos para qualquer esclarecimento. Gostaria aqui de deixar um alerta a população, hoje vemos muitas pessoas usando as redes sociais para pedir ajuda, como pix para custear tratamentos de saúde entre outros, antes de qualquer ajuda, peço que entrem em contato comigo ou nossa equipe na saúde e também no departamento social apara checarem a real situação do paciente, alguns tratamentos não são ofertados pelo SUS, mas muitos são, a maioria, e nos sempre esgotamos as possibilidades dentro do sistema.
 
 
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »