17/02/2022 às 10h06min - Atualizada em 17/02/2022 às 10h06min

​Secretário reforça importância dos municípios na vacinação contra a Covid

AEN
AEN
A importância da vacinação contra a Covid-19 e da participação efetiva dos municípios nessa campanha foi ressaltada pelo secretário estadual da Saúde, Beto Preto, na primeira reunião do ano da Comissão Intergestores Bipartite do Paraná (CIB/PR), realizada nesta quarta-feira (16). O secretário também apresentou a gestores da área da saúde de municípios e representantes de entidades os avanços alcançados na área e no atendimento aos paranaenses.
“Precisamos do apoio de todos para lutarmos contra as fakenews e convencermos o maior número de pessoas sobre a efetividade e segurança das vacinas, o que já é comprovado no mundo todo. Esse convencimento é importante principalmente neste momento em que estamos vacinando nossas crianças”, disse o secretário.
VACINAÇÃO – Nesta semana, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) divulgou balanço com 434.236 primeiras doses (D1) contra a Covid-19 aplicadas em crianças de 5 a 11 anos. O número representa mais de 40% do público-alvo, estimado no Paraná para essa faixa etária.
O secretário reforçou ainda que o quantitativo de doses aplicadas representa quase 70% do número de vacinas recebidas. “Recebemos pouco mais de 636 mil primeiras doses e já aplicamos 434 mil. Isso indica claramente que a vacinação no Paraná continua avançando com grande aceitação por parte da população, mas não podemos parar. Vamos continuar fazendo a vacina chegar até o braço das pessoas”.
PAUTAS – Entre os avanços da secretaria, Beto Preto ressaltou a cobertura integral do Samu em todo o Paraná, bem com os repasses para o reforço no atendimento de oncologia e a queimados. Ele também citou os novos investimentos na área de saúde mental, os carros doados para os 399 municípios na Estratégia da Saúde da Família (ESF) e o novo programa para realização de cirurgias eletivas no Estado.
“Agradeço o esforço dos prefeitos e das equipes municipais de saúde em todos os processos, que atuam ao nosso lado para reforçar a regionalização, que é deixar o serviço mais próximo das pessoas”, afirmou.
A reunião também foi marcada pela discussão e pactuação de assuntos referentes à Linha de Cuidado Materno Infantil, oftalmologia, Comissões de Integração de Ensino-Serviço-Comunidade do Paraná (CIESCs), vacinação, arboviroses, testagem contra a Covid-19 e descentralização de recursos financeiros do componente básico da Assistência Farmacêutica.
 
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »