08/02/2022 às 11h05min - Atualizada em 08/02/2022 às 11h05min

​Motorista para carro para não atropelar cachorro e morre após ser atingida por caminhonete, no interior do Paraná, diz Samu

Condutor da caminhonete se recusou a fazer teste de bafômetro, segundo a polícia. Acidente foi registrado na BR-376, em Marialva, na região norte do estado.

Por RPC Maringá
Divulgação
Uma motorista morreu depois de parar o carro em uma rodovia e ser atingida por uma caminhonete, na BR-376, em Marialva, na região norte do Paraná. Testemunhas disseram ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que a vítima parou para não atropelar um cachorro.
O acidente aconteceu na tarde de domingo (6) e foi registrado por uma câmera de segurança. Nas imagens é possível ver o carro parando na pista de rolamento.
Em seguida, outros veículos desviam pelo acostamento. Segundos depois, o carro que parou é atingido na traseira pela caminhonete.
Além da motorista, dois homens, de 23 e 27 anos, estavam no carro. Ambos tiveram ferimentos e foram levados para hospitais de Maringá, no norte do estado.
Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um homem e a filha dele, que estavam na caminhonete, não se machucaram. A polícia disse que o motorista se recusou ao fazer o teste do bafômetro.
Além disso, segundo a PRF, o homem chegou a dizer que a filha dele era quem estava conduzindo o carro. Apesar disso, a jovem disse que o pai era o condutor.
O homem foi multado em R$ 3 mil e levado para a delegacia. A Polícia Civil investiga o acidente.
A PRF orienta aos motoristas para, em caso de animais na pista, reduzirem a velocidade e acionarem o pisca-alerta.
Os condutores também podem parar no acostamento e comunicar a polícia sobre a ocorrência por meio do telefone 191.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »