13/01/2021 às 11h42min - Atualizada em 13/01/2021 às 11h40min

Mais duas testemunhas serão ouvidas no processo de Impeachment de Witzel

- jornalcn.com.br
Ofluminense
Marcelo Camargo

O Tribunal Especial Misto, que julga o processo de impeachment onde o réu é o governador afastado Wilson Witzel (PSC), ouve nesta quarta-feira (13) mais duas testemunhas - e últimas - no processo: Valter Ferreira de Alencar Pires Rebelo (presidente do PSC-PI) e Edson da Silva Torres (empresário).

Edson, que é ligado ao presidente do partido de Witzel, o pastor Everaldo, assumiu que já praticava os crimes no estado do Rio junto de Witzel, através de contratos com Cedae e Detran.

Já Valter é presidente do PSC no estado do Piauí, mas nega ter feito parte de qualquer esquema.

Witzel ainda não será ouvido nesta fase, seguindo a ordem estabelecida pelo STF de que o governador afastado só pode dar seu depoimento depois que a delação de Edmar Santos se torne pública.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »