15/10/2020 às 17h49min - Atualizada em 15/10/2020 às 17h49min

Colégio da Polícia Militar homenageia seus professores

Equipes de policiais que atuam na unidade foram às casas dos professores para levar lembranças personalizadas. A entrega foi feita na porta, para respeitar as regras do distanciamento por causa da pandemia

- AEN

O Colégio da Polícia Militar (CPM) prestou homenagem aos professores que atuam na unidade na manhã desta quinta-feira, 15 de Outubro. Oito equipes de policiais que trabalham no CPM foram às casas dos professores, Curitiba e em São José dos Pinhais, na região metropolitana, e entregaram uma lembrança personalizada a cada um.

Para respeitar as regras do distanciamento social, em razão da pandemia, a entrega foi feita de forma rápida, na porta das residências. Cada professor recebeu uma caneca personalizada com o seu nome e a imagem de um computador com a foto do homenageado e a de todos os professores que lecionam a mesma disciplina.

De acordo com o comandante do CPM, major Anderson Mendes de Araújo, foi uma oportunidade para o Colégio ir até os professores em reconhecimento à dedicação pelos alunos. “O Colégio da Polícia Militar tem muito respeito por seus professores. Durante a pandemia eles estão trabalhando de maneira remota e até mais do que quando estavam em sala de aula”, disse o comandante.

“Oito equipes de policiais militares percorrem e Curitiba e São José dos Pinhais para levar um abraço aos professores em suas residências e deixar uma lembrança. Essa é uma forma de homenagear não só os integrantes do Colégio, mas também todos os professores do Paraná”, complementou o major Mendes.

“O Colégio sempre me dá grandes alegrias e é muito gratificante esse gesto. Quero agradecer imensamente o carinho de todos”, disse, emocionada, a pedagoga, Eliana Do Rocio Zajko.

A professora de Geografia, Joyce Meri Sera Marques, ficou surpresa ao abrir a porta e ver o Comandante do CPM. “É um misto de surpresa e gratidão pela lembrança, que mesmo nesse momento tão difícil que estamos passando o Colégio não deixou a data passar em branco”, disse.

A um andar de diferença da casa da professora Joyce, a professora de gramática, Varilene Verdi Figueiredo, se emocionou ao perceber que a homenagem ia além de uma reunião virtual já marcada previamente. “Estava aqui corrigindo algumas provas, esperando pelo encontro online, mas receber pessoalmente das mãos do Comandante essa homenagem é uma emoção”, disse a professora que desde 2015 leciona no CPM.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »