02/09/2020 às 13h27min - Atualizada em 02/09/2020 às 13h26min

Jô é denunciado por agressão e pode desfalcar o Corinhtians no Campeonato Brasileiro

- jornalcn.com.br
Gazeta Esportiva
Rodrigo Coca

A Procuradoria da Justiça Desportiva realizou nesta quarta-feira uma denúncia contra o atacante Jô por dar um soco no zagueiro Diego Costa no clássico entre São Paulo e Corinthians, que ocorreu no último domingo.

A pena prevista, de acordo com o STJD, é de quatro a 12 jogos de suspensão. A data para o julgamento do atleta corintiano ainda não está confirmada.

A confusão entre Jô e Diego ocorreu no segundo tempo, quando o jogador do São Paulo levou um soco nas costas e pediu para que o VAR fosse consultado. O lance, no entanto, não foi visto pela arbitragem e nem citado na súmula.

Conforme o Código Brasileiro de Justiça Desportiva, cabe denúncia “em caso de infrações graves que tenham escapado à atenção da equipe de arbitragem, ou em caso de notório equívoco na aplicação das decisões disciplinares, os órgãos judicantes poderão, excepcionalmente, apenar infrações ocorridas na disputa de partidas”.

Para denunciar Jô, a Procuradoria alegou que o atacante “de maneira dolosa praticou a infração imputada, ou seja, teve a vontade livre e consciente de agredir fisicamente, com uso soco nas costas, o atleta adversário, durante a partida”.

Enquanto o julgamento não é agendado, Jô segue à disposição de Tiago Nunes. Nesta quarta-feira, o Alvinegro visita o Goiás em partida da sétima rodada do Campeonato Brasileiro.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »