30/06/2020 às 13h10min - Atualizada em 30/06/2020 às 13h10min

Norte Pioneiro contabiliza 463 casos confirmados de COVID-19 e registra o total de 11 óbitos

Isaele Machado - JCN
Ilustrativa
Os dados do último boletim da Secretaria de Estado da Saúde do Paraná (SESA) divulgado às 16h00 de segunda-feira (30) aponta que na área da 19ª Regional de Saúde que abrange o Norte Pioneiro, ao total são 20 cidades com casos registrados. O número de casos confirmados saltou de 373 para 463 em cinco dias (aumento de 90 casos), 11 óbitos registrados, nas seguintes cidades: Guapirama (1), Quatiguá (1), São José da Boa Vista (1), Siqueira Campos (4), Wenceslau Braz (1), Ibaiti (1), Santo Antônio da Platina (2). O único município que não há nenhum caso é Barra do Jacaré, os municípios de Pinhalão e Ribeirão Claro registraram os primeiros casos neste fim de semana. No Paraná o número de óbitos é de 600 e casos confirmados 21.089, no Brasil são 58.406 óbitos e 1.373.006.
Municípios com maior número de casos no Norte Pioneiro
Santo Antônio da Platina (80), Jacarezinho (45), Cambará (33), Carlópolis (39), Siqueira Campos (30), Joaquim Távora (32), Guapirama (30, Wenceslau Braz (29), Conselheiro Mairinck (24) e Ibaiti (24).
Municípios com menor número de casos
Ribeirão Claro (1), Pinhalão (1), Jaboti (4), Figueira (5), Santana do Itararé (6), Salto do Itararé (11), São José da Boa Vista (11), Japira (13), Jundiaí do Sul (14), Quatiguá (14) e Tomazina (16). No município de Barra do Jacaré não há casos registrados.
HISTÓRICO DA DOENÇA EM SIQUEIRA CAMPOS
O primeiro caso registrado em Siqueira Campos foi no dia 28 de abril, o segundo no dia 16 de maio, o terceiro no dia 18 de maio, dia 30 de maio o quarto, no boletim de 04 de junho já constavam oito casos, no dia 05 de junho subiu para dez, no dia 06 de junho para doze, no dia 07 de junho   quatorze casos, no dia 10 subiu para dezessete e na segunda-feira (15) foram contabilizados dezenove casos da doença. No dia 17 o município contava com 21 casos confirmados e 06 em investigação. No dia 18 permanecem 21 casos, porém o número de investigados subiu para 08.
Na terça-feira (23) os números de casos de COVID-19 em Siqueira Campos contabilizam 26, sendo 18 pessoas recuperadas, 4 casos positivos ( 3 em isolamento domiciliar) no momento (um paciente entubado UTI em Santo Antônio da Platina), 4 óbitos e 19 aguardando resultados de exames.
ATUALIZAÇÃO 24 de junho de 2020
No Boletim divulgado desta quarta-feira (24), em Siqueira Campos o número de infectados permanece 26 no total, recuperados 19, casos suspeitos aguardando exames 21, óbitos 4 e há 3 pessoas com o vírus no momento em isolamento domiciliar e 96 pessoas que passaram pelo sistema de triagem do COVID-19.
ATUALIZAÇÃO 25 de junho de 2020
No Boletim desta quinta-feira (25) em Siqueira Campos o número de infectados subiu para 28 no total, recuperados são 21, casos suspeitos aguardando exames subiu para 25, óbitos são 4.
No momento há 3 pessoas com o vírus ativo, 1 internato em Santo Antônio da Platina e 2 em isolamento domiciliar. 96 pessoas já passaram pelo centro de triagem do COVID-19.
ATUALIZAÇÃO 26 DE JUNHO DE 2020
No Boletim desta sexta-feira (26) em Siqueira Campos o número de infectados subiu para 29 no total, recuperados são 21, casos suspeitos aguardando exames diminuiu para 24. São 4 óbitos registrados e 4 pessoas com o vírus ativo, uma delas internada em Santo Antônio da Platina.
O município de Siqueira Campos teve no máximo 2 casos registrados ao dia, desde o dia 18 de abril até esta sexta-feira (26 de junho). Os dias de maior intervalo da doença foram entre 28 de abril a 16 de maio (13 dias), 18 de maio a 30 de maio (12 dias) e do dia 10 de junho a 15 de junho (15) dias.
ATUALIZAÇÃO 30 DE JULHO DE 2020
No último boletim emitido pela Secretaria Municipal de Saúde de Siqueira Campos, há 1 caso de COVID-19 positivo em monitoramento, 25 recuperados e 4 óbitos. O total de casos registrados até o momento é 30.
INSTRUÇÕES
O cidadão que apresentar os sintomas deve procurar imediatamente o Centro COVID-19 instalado nas dependências da Santa Casa de Misericórdia de Siqueira Campos. “Todo paciente que passa pelo atendimento em nossa cidade e apresenta sintomas como tosse, febre, dor de garganta, coriza e dificuldade em respirar entre outros, são investigados com o monitoramento de um profissional da saúde por até 14 dias. Seja consciente para não se tornar paciente.
Só procure a unidade de saúde se realmente estiver precisando, qualquer dúvida pode ser esclarecida pelo Telefone e WhatsApp (43) 3571 – 3114”, diz o comunicado.
 
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »