29/05/2020 às 13h18min - Atualizada em 29/05/2020 às 13h18min

Há sete anos, Santos sofria derrota em seu primeiro jogo sem Neymar

Gazeta Esportiva
Ricardo Saibun

Há sete anos, o Santos começava um novo momento em sua história: o pós-Neymar. No dia 29 de maio de 2013, o Peixe disputou sua primeira partida depois da despedida do atacante, então negociado com o Barcelona. E o início não foi dos melhores, com uma derrota por 2 a 1 para o Botafogo, pelo Campeonato Brasileiro.

Os dois times alvinegros duelaram pela segunda rodada da competição nacional, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ). O ex-camisa 11 havia entrado em campo pela última vez como jogador santista três dias antes, em empate sem gols contra o Flamengo.Comandando pelo técnico Muricy Ramalho, o Peixe foi a campo com: Rafael; Rafael Galhardo, Gustavo Henrique, Durval e Emerson Palmieri; Renê Júnior, Arouca, Cícero e Montillo; Patito Rodríguez e William José. E o Botafogo jogou sem Seedorf, principal nome do time.

Mesmo desfigurado, o Santos começou melhor a partida. Contudo, foi o Glorioso que abriu o placar, aos 14 minutos do primeiro tempo. Fellype Gabriel aproveitou rebote de Rafael em chute de Lodeiro e mandou de cabeça para as redes. Em vantagem, os cariocas melhoraram.

E aos 21 minutos, o Alvinegro de General Severiano ampliou. Rafael Marques tentou o chute de fora da área, a bola desviou na defesa santista e encobriu o goleiro. O Peixe tentou pressionar em busca do primeiro gol, mas o jogo foi para o intervalo com 2 a 0 no marcador.

Na segunda etapa, aos 26 minutos, Muricy optou por colocar Neilton no lugar de Renê Júnior. E foi do atacante a assistência para Montillo descontar. No entanto, não foi o suficiente para evitar o revés no primeiro compromisso sem Neymar, atualmente jogador do Paris Saint-Germain.

Revelado pelas categorias de base do Alvinegro Praiano, o atual camisa 10 da Seleção Brasileira disputou 230 partidas e marcou 138 gols pelo, entre 2009 e 2013. O atacante também conquistou três Campeonatos Paulistas (2010, 2011 e 2012), a Copa do Brasil de 2010, a Copa Libertadores de 2011 e a Recopa Sul-Americana de 2012.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »