07/01/2020 às 12h01min - Atualizada em 07/01/2020 às 12h01min

Pai morre em delegacia após matar a filha de 1 ano a facadas

Ele foi espancado por vizinhos logo após o crime

Nathalia Lugão
Ofluminense

A Polícia Civil está investigando as causas da morte de um homem, 35 anos, que ocorreu dentro da 126ª DP, em Cabo Frio, na Região dos Lagos, na madrugada desta segunda-feira (6). Ele havia sido preso por matar a própria filha, de apenas 1 ano e 11 meses, e agredir a mulher a facadas, em Unamar, no último domingo (5).

De acordo com a Civil, o homem foi preso em flagrante. No momento do crime, um grupo de pessoas não identificadas ouviu gritos vindo da casa do acusado e flagraram a agressão contra a filha e a esposa. Ao entrarem no local, os populares agrediram o homem a pauladas, socos e golpes com uma pá.

Segundo familiares do homem, o mesmo era portador de problemas psicológicos e fazia uso de remédios controlados. De acordo com informações preliminares, no momento do crime ele parecia estar embriagado.

A mulher e a criança foram encaminhadas para o Hospital Municipal de Tamoios. No entanto, o bebê não resistiu aos ferimentos e morreu, enquanto a mãe teve ferimentos na mão.

Ao chegar no local do crime, a polícia atuou o homem em flagrante por homicídio e tentativa de homicídio. Devido ao espancamento, ele foi encaminhado para a mesma unidade hospitalar e, em seguida, levado para a 126ª DP, onde ficou preso. Relatos apontam que, durante a madrugada, presos que estavam na mesma cela que o acusado chamaram os policiais, alertando que o homem estava passando mal.

Ele foi retirado da cela e o Corpo de Bombeiros foi acionado para prestar socorro. No entanto, segundo a corporação, o homem já estava em óbito.

Nesta segunda-feira (6), a Polícia Civil confirmou a morte do acusado e informou que abriu uma sindicância interna para apurar o que levou à morte.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »